sábado, 25 de julho de 2009

Angel

Enquanto eu chamo os anjos
Vou pensar em você
Apesar da distancia estar presente
A união se forma no peito.

Momentos vão passar (em minha mente)
Pra me recordar,
De ti perto de mim, aqui dentro de mim.
E logo o tempo se vai,
E as lembranças vão ficar tão sutis.

CAZUZA (Avô)

Se tudo estava bem, porque me deixou na mão?
Eu só queria te ver em junho
Meu são João sem bomba
Meu são João sem você
Agora ta tudo ruim
Eu quero te ver

Eu só queria te ver
Passar um tempo com você
Eu só queria chegar e poder te abraçar
Dizer um olá e brincar de voar.

Por que as pessoas têm que ir quando se menos espera?
Por que você não me esperou chegar?
Porque você tinha que ir agora?

Culpada

E se a culpa for toda minha por não ter dado certo
Me desculpe eu não sou perfeita!
É certo que errei duas vezes,
Mas eu nunca soube como agir de ante de minhas confusões
Eu nem sabia o que era amor quando te conheci
Eu nem sabia o que era paixão, então.
E você sempre tão fragilmente aberta
Atendendo meus pedidos de perdão
Como fui tão tola!
Uma boba atrás de uma mulher
Cheia de gostos e gestos imperceptíveis.