segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

O Jeito

Talvez você tente desviar
E eu corro atrás de você
Precisamos só respirar
Para isso decorrer

Só de olhar para o azul estrelado
Penso que podia estar ao meu lado
Fico a ver o que em mim lembra você
E o incrível é saber
Que tudo que sinto ou vejo
Estar a lembrar o teu beijo.

Não tenta se esconder
Por não fugir sou grata
Seja sensível a mim
O toque com subtileza
Que minhas mãos consegui emitir
É o jeito do peito que faz sentir.

Aíssa Couto

Um comentário:

  1. Vai me dizer que ainda não cifrou esse?

    Vacilo!!!

    :)

    ResponderExcluir